A boca da Kylie Jenner

instagram da Kylie Jenner - boca

Se Kim Kardashian quebrou a internet, Kylie Jenner quebrou ao menos o instagram – e o melhor: postando selfies. Vamos dar o crédito aqui, porque enquanto eu não consigo uma única selfie descente (e olha que eu tento!), Kylie faz parecer que o negócio não dá trabalho.

A discussão toda em torno da boca da menina já virou até hashtag no Twitter (#kyliejennerlips), e quando sua boca ganha a própria hashtag, é porque tá sério. Tem quem diga que é preenchimento, tem que diga que é o tal do Candy Lips (ao qual eu tenho pavor), e há quem diga – a própria Kylie, inclusive – que é só maquiagem. Independente do que for, o consenso é o mesmo: a boca tá mesmo diferente (e tá linda).

comparando a boca antes e depois Kylie Jenner

O assunto já incomodou muito Kylie Jenner nas redes sociais, a ponto de ela falar que acha um insulto insinuarem que fez cirurgia plástica, e que é realmente só maquiagem. Em entrevista à Grazia, ela revelou que passa bastante tempo definindo os lábios (40 minutos, tá bom?) e usa mil produtos ao mesmo tempo, entre batons e lápis em tons de nude, para definir a boca – e você aí tentando replicar o bocão em casa com um batom só, sabe de nada.

kylie jenner com batom pink

Então como toda boa fé é presumida, vamos esquecer os boatos por um momento e focar no que importa e no que Kylie Jenner garante que funciona: o milagre da maquiagem. Não é que dá pra recriar em casa? Parafraseando Eliana, você vai precisar de:

– Paciência (talvez fique péssimo na primeira vez que você fizer, mas vai melhorando com a prática);

– Um lápis labial (pode ser de qualquer cor, mas se quiser #kyliejennerlips, vá de nude, num tom acima do batom que você usar);

– Um batom matte (não dá pra ser satin, não dá pra ser cremoso, tem que ser matte – e se quiser fazer como Kylie, pode escolher vários tons);

– Base e corretivo que você já usa normalmente.

O segredo é delinear bem acima da linha natural dos seus lábios, mas só na parte central da boca. Os cantos das linhas devem juntar com os cantos naturais da sua própria boca. Depois de preencher os lábios, o resto é só jogo de luz e sombra: coloque o tom mais escuro do lápis dos cantos externos da boca, e dê uma pincelada com os dedos de corretivo na parte central, misturando bem para o acabamento ficar o mais natural possível. Quanto mais matte, mais natural o acabamento, então nada de brilho, nem gloss nem nada, ok?

kendall e kylie jenner em fotos mais naturais

E se você ainda não acredita que é possível, olha essa querida provando o contrário:

Agora antes de sair falando que a amiguinha fez preenchimento, você já sabe que pode ser tudo truque. Que na verdade ela só é incrível na maquiagem, e que se Kim Kardashian é a rainha do contouring que parece plástica, Kylie Jenner também pode ser.

Lip Stain, Aria e PLL…

Quando resolvi dar uma chance à Pretty Little Liars, não muito depois da estréia, em 2010, foi paixão ao primeiro play. Lembro que na época assisti aos 8 episódios que já tinham ido ao ar num único dia, e além do enredo interessante, do guarda roupa caprichado e do Mr. Fitz <3, PLL também me trouxe 2am Club, a banda que me foi apresentada pela série e hoje é uma das minhas preferidas.

Captura de Tela 2013-06-20 às 23.28.42

Cortando o papo que isso aqui é um blog de moda, e não de churumelas, de cara me apaixonei por Aria, a personagem da fofíssima Lucy Hale. Aria dá uns pegas no professor (e quem não ia Ian??) e tem a cor de boca mais perfeita dos seriados de tv.

Oi? É isso mesmo. A maquiadora da série deve ter sido muito legal com ela, porque Aria Montgomery ganhou com os batons mais legais do camarim. Aliás batons não, lip stain.

Captura de Tela 2013-06-20 às 23.28.22

Os tons variam do pink ao cor de boca, passando pelo avermelhado, sempre com a leveza característica desses tipos de produto, que bem diferem dos batons. Dá para alcançar o mesmo resultado passando o batom nos dedos e aplicando leves batidinhas na boca, mas é sabido por aí (mentira, vi num vídeo) que Aria usa os Chubby Sticks, da Clinique.

Captura de Tela 2013-06-20 às 23.28.31

A grande diferença é que os lip stains são feitos para “manchar” os lábios, para dar essa aparência de que a cor é natural e de que não há muita cobertura, muito menos brilho. Perfeitos para maquiagens mais naturais ou para combinar com um olho-tudo de festa.

Captura de Tela 2013-06-20 às 23.28.12

Depois que descobri os lip stains, com PLL, nunca mais voltei direito para os batons comuns. Tenho uns e uso de vez em quando, mas no dia a dia é sempre a canetinha. Não acho que resseca os lábios, mas sempre antes de passar aplico um chapstick incolor, já virou até mania. Acho que o resultado fica bem melhor.

Captura de Tela 2013-06-20 às 23.28.53

Das marcas disponíveis por aí, praticamente todas têm sua versão da canetinha. Os da Clinique são mais pigmentados, já que não são caneta, e sim um lápis super gordinho e macio. Tenho o da Maybelline também e amo, principalmente o rosinha/pink. Para mim ainda não inventaram nada melhor e mais fiel à cor de boca. Por mim compraria um de cada, mas essas coisinhas têm preço de batom normal, e aí não dá para abusar.

Da próxima vez que passar pelo corredor de maquiagens, dê atenção especial às canetinhas. Elas podem acabar ganhando um lugar muito especial no seu coração, assim como Aria, PLL e o pedaço de mau caminho alemão do Mr. Fitz.

Doble!

Enquanto você senta aí no ar condicionado, no auge das férias (ou nas tardes frutíferas de estágio, quase a mesma coisa), lendo o que eu tenho de (in)útil para contar hoje, eu aproveito o frio negativo gostosinho que me obrigada a usar três camadas de roupa e me faz sentir uma baleia franca presa nos mares árticos. Inveje-me.

As promoções correm soltas por aqui. A Zara liquidou a ponto de me fazer entrar na loja achando que é pegadinha, tudo praticamente de graça. Mas vai tirar 3 calças e 4 casacos, cachecol, luvas, meia térmica. Por isso – e talvez eu vá me arrepender um dia – esse mês só fiz compras de beleza. Bem menos trabalho.

O lado positivo é que to cheia de amor dicas de beleza para dar.

1

Uma dessas é o delineado duplo. Não tem nada a ver com delinear em cima e embaixo sem juntar os traços. O double liner aqui significa sobrepor os traços com produtos diferentes. Hein?

2

Fui sempre fiel ao Blacktrack, da MAC, mas de uns meses para cá comecei a achar que preto estava pesando demais. Aí que, numa das últimas visitas à Sephora, passei na Bobbi Brown, famosa pela variedade enorme de delineadores em gel, e uma das vendedoras me indicou as cores Caviar e Espresso, um e dois tons abaixo do preto, respectivamente. Elas dão um resultado muito mais sutil aos olhos. Ainda assim senti que faltava alguma coisa, e corri para o youtube. O que é normal quando eu acho que falta alguma coisa na minha vida.

O youtube é o Santo Graal das pessoas que não sabem o que fazer com um delineador. Com qualquer coisa, na verdade. Você não é uma pessoa sem talento para trabalhos manuais, você é uma pessoa sem tempo para ver vídeos.

Por lá descobri que as pessoas sobrepõem tons diferentes de delineador para um resultado na medida. O primeiro tom normalmente é mais claro e vai esfumado, e o segundo vai por cima, num traço bem fino – normalmente preto. No meu caso, um traço esfumado de Espresso cai super bem, e deixo o preto para delinear da metade para o canto externo, de forma bem fina e rente aos cílios. Esfumo Espresso nos cílios debaixo também, já que o tom café não é tão pesado, e o resultado é perfeito.

3

A pessoa que inventou a arte de misturar delineadores deveria ganhar um prêmio Nobel. Categoria Futilidades. Da arte de sobrepor tons ainda dá para fazer à noite: esfumar preto com glitter e sobrepor com preto matte, sobrepor preto com dourado sem esfumar – como na montagem acima, incrível! – e, ainda, encher de postiços. A pessoa que inventou os postiços também merecia um prêmio. Aliás, a pessoa que inventou os postiços deveria casar com a que inventou o delineado duplo, porque taí duas coisas que juntas, somam muito mais que separadas. Aquela história do 2 + 2 = 5, saca? Porque quem merecia um Prêmio Nobel era eu.

Categoria: Matemática.

Findation

Para tudo. Li essa dica no Itgirls da Ale Garattoni (um must-read!), e só pelo caso de alguém não acessar o blog dela, resolvi dividir com vocês aqui também. É uma das melhores dicas dos últimos tempos, daquelas que te pega imaginando: como ninguém nunca pensou nisso antes?

Captura de Tela 2013-01-17 às 12.35.04

Pois bem. Sabe quando a gente precisa encomendar uma base para a amiga que está viajando, ou quando resolve comprar online, mas não tem certeza sobre a cor e está morrendo de medo de errar? Alguém resolveu acabar com os nossos problemas.

Captura de Tela 2013-01-17 às 12.24.42

O Findation é um site que pega as suas referências de base, cria um padrão para você e te ajuda a descobrir a sua tonalidade em outras marcas. Você seleciona bases que já usa e a tonalidade que usa em casa base, e o site dá sugestões de bases de outras marcas com a mesma tonalidade. O único requisito é jogar limpo: só dê a referência da base se você realmente gostou da tonalidade e compraria de novo o mesmo tom. Fiz a experiência e realmente funciona direitinho. Fora que a base de dados deles é incrível e inclui praticamente todas as bases desse mundo (todas as que já usei estavam lá!).

Dica de ouro!

Benefit Cosmetics

Uma das melhores partes de morar fora é, sem dúvidas, a infinidade de lojas de maquiagem. Antes que me queimem na fogueira, acho que é uma das melhores partes porque eu, particularmente, amo. E aí que nessas idas e vindas a Douglas, Sephoras e afins (turismo de compras, em outras palavras) acabei me apaixonando por uma marca que, até então, não tinha nem tanta vontade de conhecer: a Benefit.

3

Todo mundo nesse vasto planeta já ouviu falar ou conhece alguém que já ouviu falar da bendita. Ela está por todos os lados, é expert em lançar best sellers e – principalmente – em montar sets. Conheci melhor a Benefit depois da boa experiência com a They’re Real!, máscara de cílios incrível, e depois no Brown Bar da Sephora – que tem em outras lojas também e é show. Mas foi quando ganhei meu primeiro set de presente que me apaixonei de vez.

1

Ganhei o She’s so… Jetset! e desde então uso todos os dias, sem exceção. Faço maquiagem para noite e para o dia, completo com uma ou outra coisa que não tem no kit e, além de fácil e prático, o resultado é dos melhores aos quais já cheguei fazendo maquiagem. Considerando ainda que metade das minhas coisas ficaram no Brasil, é uma mão-na-roda absurda. Fico pensando em qual vai ser o próximo set da lista e é difícil decidir…

2

Os kits mais completos incluem até 6 produtos, alguns em mini size e outros em tamanho normal. Como a marca normalmente seleciona os campeões de vendas para os sets, é uma ótima maneira de testar os produtos antes de comprar full size. O Porefessional, por exemplo, é um primer incrível que tá presente em mais da metade dos kits, assim como a They’re Real! e o iluminador High Beam. Fiquei morrendo de vontade de testar o Legally Bronze e o The Bronze Champions – bronze fake é comigo! – e o Primping with the Stars, com os clássicos para esconder defeitos e criar ilusão de óptica.

Sem brincadeiras, to mesmo apaixonada. As texturas, as cores, a pigmentação e até os nomes engraçados, tudo é bem feito nessa budega. Então a próxima vez que você esbarrar num counter da Benefit já sabe: vai se aproximando e começando a testar, porque, provavelmente, de mãos vazias você não sai. Não mais.

*To começando com aquela síndrome de intercâmbio de esquecer as palavras. Pensei bastante tempo nas que queria usar mas algumas acabei não encontrando. Meu português tá ficando meio pobre – de falar inglês e conviver muito com homens – então relevem o vocabulário e prestem atenção nas montagens na mensagem.

Maquiagem de formatura

Dando uma olhada retrospectiva nos meus posts, vi que eu sou a pior pessoa para dar título a eles. Não consigo pensar em nada original. E não ia ser hoje. Mas vamos lá.

Quando penso em formatura, eu penso em Victoria’s Secret. Acho que quando eu penso em qualquer coisa eu penso em Victoria’s Secret, mas, em formaturas e ocasiões especiais, penso ainda mais. Sei que tem quem adore um cabelo preso, um batom vermelho, mas eu amo cabelos soltos e uma maquiagem linda com boca-quase-nada. Ainda assim, como esse post não é para mim, e sim para quem está se formando, aqui vão minhas inspirações:

Dos cabelos presos, esses são provavelmente meus preferidos: displicentes, com uns fios soltos e cara de quem fez em casa, sem nenhum resquício de laquê. Acho que ficam bem em qualquer uma, mas são provavelmente os mais difíceis de fazer, mesmo no salão.

Tem também esses mais estruturados, com a raiz bem puxada e cara de que levaram um laquê, provavelmente o tipo preferido dos cabeleireiros. Adoro quando são bem baixos ou quando levam, lá no alto, uma volta de trancinha.

O meio preso é a opção de quem não quer ir com o cabelo solto, mas não quer prender tudo. Acho que nesse caso o voluminho no topo é indispensável, assim como deixar a franja solta. Amei esse meio preso com trança, esse meio de lado da Bar Refaeli e o da Rosie. Musa.

Maaas meus preferidos ainda são os soltos. Acho lindo, acho sexy e é a opção que mais agrada a homens e mulheres, simultaneamente, nesse planeta. Nesse caso, dá para enrolar bastante e colocar um volume, prender só de um lado ou, meu jeito preferido, repartir a raiz do cabelo em um dos lados. Ou tudo-junto-ao-mesmo-tempo-agora. Dá até para deixar o cabelo liso, mas se o seu já é liso natural, acho que a formatura é a ocasião de mudar, pelo menos um pouquinho.

Quanto à maquiagem, algo que te deixe linda e ainda com cara de você mesma é o ideal. É também a hora que a escolha depende do vestido.

Vestidos mais secos deixam espaço para olhos bem marcados ou uma boca colorida, com batom pink ou vermelho. Já se você vai trabalhada no brilho, dê uma folga e pegue leve: faça um olho bonito, e deixe a boca na cor natural. Agora, independente do que for vestir, algumas coisas são essenciais: pele perfeita, brilho no canto interno dos olhos, cílios postiços (indispensável) e blush para noite/foto (um pouquinho mais forte que o normal). Esquecer um desses 4, para mim, é imperdoável.

Espero que esses posts tenham ajudado pelo menos alguém. Qualquer dúvida me procurem, deixem nos comentários. Minhas amigas sabem que eu tiro dúvidas pelo whatsapp a qualquer hora do dia (já indiquei numeração de cílio postiço no meio do sono, e ainda indiquei certo), é só uma questão de me pedir 😉

Pele iluminada

Sou muito chata com essas coisas. Para mim, pele perfeita é pele iluminada. Principalmente quando vou sair, passo iluminador como se não houve amanhã, e já até ouvi reclamações por causa disso. Faz parte.

O ar mais seco da Alemanha é perfeito para deixar o cabelo liso e a pele boa, mas quando o inverno pesado começa, ele acaba com a pele. Sem falar que leva embora toda a luminosidade. Os lábios racham, a pele resseca e toda a quantidade de roupas da mala não é o suficiente quando a temperatura baixa de zero.

Sabia disso já quando vim para cá, e antes mesmo do inverno chegar comecei a procurar hidratantes potentes, indicações e tudo mais. Aí que aproveitei quando estava em Paris para conferir qual era a hype do Embryolisse.

Todo mundo elogia e o creme promete maravilhas, então por que não? Como ele é baratinho comparado aos demais (cerca de 10 euros, 75ml), não pensei duas vezes.

E ele realmente faz maravilhas. Hidrata super bem a pele, protege do ar muito frio e seco, funciona como primer e devolve aquela luminosidade que só uma pele bem hidratada tem. Apesar de tudo isso, não é pesado nem entope os poros.

Recomendo muito. Super. É muito custo/benefício num produto só. Talvez não para o clima do Brasil (pelo menos eu nunca precisei de hidratante no Brasil), a não ser que você tenha a pele bem seca. Agora, se estiver de viagem marcada para o frio, não pense duas vezes quando encontrar o creme por aí. Ele é chatinho de achar e só encontrei mesmo em Paris.

Minha única reclamação é a embalagem. O creme vem num desses tubos tipo pomada, que não voltam para a forma original. O meu amassou na mala e sempre sai mais produto que eu preciso. Como o creme foi criado anos atrás como uma pomada de tratamento, acho que essa é a intenção da embalagem, mas poxa, tá na hora de arrumar isso aí produção.