Let’s talk Fifty Shades

Quando comecei a ler 50 Tons de Cinza, em abril de 2013, achei o livro bem nada demais. Demorei 8 meses (eu disse oito. meses.) para terminar, e só terminei mesmo porque tava sem muito o que fazer final de ano. Como o livro termina num cliffhanger é impossível não começar o segundo, e uma semana depois eu tinha terminado os 3 livros. Eu só digo a quem não leu que dê uma chance. O segundo e o terceiro livros são realmente bons e, na minha opinião, surpreendentes, com muito mais história do que só sexo. Mas também tem bastante sexo. Mas vamos falar do filme.

1

As filmagens começaram fim de ano, e o filme tem previsão para estrear em fevereiro de 2015 (2015! aguentaí). O casting foi bem polêmico, como em toda grande adaptação de livro para cinema, e apesar de eu achar Dakota Johnson a pessoa não muito certa para o papel (certa seria eu, mas não falaremos sobre isso), Jamie Dornan como Christian Grey foi o personificação dos meus sonhos. Declaro esse homem o mais bonito – e charmoso! impossível ver uma entrevista com ele e não se apaixonar! – do mundo (mas o moço é comprometido, choremos).

Jamie é muita areia para o caminhãozinho da Dakota, na minha opinião, apesar de, nas entrevistas, a moça até levar jeito. No entanto não me conformo com a escolha de Kate, que na minha cabeça será sempre Katie Cassidy. Enfim, cortemos as balelas e vamos às cenas que estão em fase de filmagem, segundo o PopSugar:

2

O primeiro café (ou chá, mais propriamente. Twinings English Breakfast, alguém?). Dakota aka Ana não me convence, sempre imaginei Alexis Bledel. Já Jamie Dornan não interpreta Christian Grey, ele é Christian Grey (salvas também para o carinha esqueci-o-nome-dele que faz o José, exatamente como eu imaginava). Moving on.

3

Tá reconhecendo? Certeza a gente não tem de nada nessa vida, mas posso apostar que essa é a roupa que Ana vai para a entrevista com Christian. Aí tá mais ou menos como eu imaginei, apesar de que, no livro, a saia era marrom e o blusão azul #aquelasquenãoperdoam

5

Não sei que cena é essa, só sei que as Uggs são mero artifício para aquecer os pés, e não parte da filmagem. É muita pouca areia para Jamie Dornan. Por quêêêêêêê????

4

Dakota aka Ana sendo estabanada e caindo nos braços (e que braços) de Jamie Dornan. Não me canso desse homem. Olha a cara de Christian Grey, sobrancelha franzida e tudo.

6

Ahhhh e essa cena, tá reconhecendo? O vestido ameixa, o contrato nas mãos, o Heathman de Portland #meabana. É aí que tudo começa, minha gente. Essa história a princípio bem sem graça, mas que acabou conquistando o meu, o seu, o nosso coração e que terminou perfeitamente (na minha humilde opinião), deixando a gente morrendo de vontade de ler mais.

E se você ainda não deu uma chance ao livro, aqui vai uma boa razão:

7

JAMIE DORNAN, MULHERADA! 

Mentira (ou quase. Ter em mente Jamie Dornan ao ler as cenas é bem incentivador). O livro é sim uma delícia, melhora muito ao longo dos volumes e é muito mais uma história de amor do que de sexo. Tem sexo, sim, mas é muito diferente do que a maioria das pessoas imaginam que é. Já falei demais, é ler para saber 😉

Anúncios