A boca da Kylie Jenner

instagram da Kylie Jenner - boca

Se Kim Kardashian quebrou a internet, Kylie Jenner quebrou ao menos o instagram – e o melhor: postando selfies. Vamos dar o crédito aqui, porque enquanto eu não consigo uma única selfie descente (e olha que eu tento!), Kylie faz parecer que o negócio não dá trabalho.

A discussão toda em torno da boca da menina já virou até hashtag no Twitter (#kyliejennerlips), e quando sua boca ganha a própria hashtag, é porque tá sério. Tem quem diga que é preenchimento, tem que diga que é o tal do Candy Lips (ao qual eu tenho pavor), e há quem diga – a própria Kylie, inclusive – que é só maquiagem. Independente do que for, o consenso é o mesmo: a boca tá mesmo diferente (e tá linda).

comparando a boca antes e depois Kylie Jenner

O assunto já incomodou muito Kylie Jenner nas redes sociais, a ponto de ela falar que acha um insulto insinuarem que fez cirurgia plástica, e que é realmente só maquiagem. Em entrevista à Grazia, ela revelou que passa bastante tempo definindo os lábios (40 minutos, tá bom?) e usa mil produtos ao mesmo tempo, entre batons e lápis em tons de nude, para definir a boca – e você aí tentando replicar o bocão em casa com um batom só, sabe de nada.

kylie jenner com batom pink

Então como toda boa fé é presumida, vamos esquecer os boatos por um momento e focar no que importa e no que Kylie Jenner garante que funciona: o milagre da maquiagem. Não é que dá pra recriar em casa? Parafraseando Eliana, você vai precisar de:

– Paciência (talvez fique péssimo na primeira vez que você fizer, mas vai melhorando com a prática);

– Um lápis labial (pode ser de qualquer cor, mas se quiser #kyliejennerlips, vá de nude, num tom acima do batom que você usar);

– Um batom matte (não dá pra ser satin, não dá pra ser cremoso, tem que ser matte – e se quiser fazer como Kylie, pode escolher vários tons);

– Base e corretivo que você já usa normalmente.

O segredo é delinear bem acima da linha natural dos seus lábios, mas só na parte central da boca. Os cantos das linhas devem juntar com os cantos naturais da sua própria boca. Depois de preencher os lábios, o resto é só jogo de luz e sombra: coloque o tom mais escuro do lápis dos cantos externos da boca, e dê uma pincelada com os dedos de corretivo na parte central, misturando bem para o acabamento ficar o mais natural possível. Quanto mais matte, mais natural o acabamento, então nada de brilho, nem gloss nem nada, ok?

kendall e kylie jenner em fotos mais naturais

E se você ainda não acredita que é possível, olha essa querida provando o contrário:

Agora antes de sair falando que a amiguinha fez preenchimento, você já sabe que pode ser tudo truque. Que na verdade ela só é incrível na maquiagem, e que se Kim Kardashian é a rainha do contouring que parece plástica, Kylie Jenner também pode ser.

A escova perfeita

Sempre fui um zero à esquerda para fazer cabelo. Mesmo uma escova. Maquiagem? Sim. Fazer minhas próprias unhas? Também. Matemática básica, pintura com guache, edição de powerpoint, física quântica, eu faço. Cabelo… Não.

Já fiz até resolução de ano novo para aprender, e até ontem eu era um desastre. Aí eu vi esse vídeo, e decidi que o compartilhamento era necessidade pública. Então, para todas vocês que não sabem fazer escova, esse vídeo mudará suas vidas:

O jeito simples de seccionar o cabelo melhora em 500% o aproveitamento das suas habilidades, mesmo se elas forem nulas (como as minhas). A maneira de dividir o cabelo em várias partes e solta-las aos poucos, como faz seu cabeleireiro, é muito difícil para replicar em casa, se você também é uma morsa inapta como eu. Aí que dividir o cabelo dessa forma é muito mais fácil e mais eficiente. Prova disso é que tentei eu mesma – e fui muito bem sucedida de primeira!.

Dou a minha palavra que depois dessa você consegue fazer uma escova decente em casa. Se você não conseguir desista. Não é pra você.

Captura de Tela 2014-02-16 às 21.58.45E falando em escova, olha dois jeitos fofos de mudar o visual liso!

Cabelos de anjo

Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa, já dizia Sócrates. Uma coisa é folhear uma revista, tomando um Ovomaltine, e ter a certeza de que a atriz da capa está montada no photoshop. A menina não tem poros, não tem pelos e você sabe que ela não é assim de verdade. Outra coisa é quando você assiste a um desfile da Victoria’s Secret.

Já ouvi gente dizer que entra em depressão #dramas, para de comer o que está comendo na hora, dá um bizu na própria barriga e se promete realmente seguir a dieta a partir da próxima semana. Acho tudo muito dramático, porque né, beleza é metade genética, e metade esperteza, já dizia Platão. E como já falei das artimanhas que se usam para deixar mulheres lindas ainda mais bonitas (se é que é possível; mentira é sim), vamos ver o que esse ano agregou a nosso conhecimento truqueiro:

Captura de Tela 2013-12-16 às 23.38.02

Todos os produtos usados nos cabelos foram ghd: secador, chapinha e babyliss. A marca é tão boa quanto cara, é a Ferrari dos produtos de cabelo, e o secador deles é praticamente o equivalente de uma Mason Pearson, aquela que todas querem e poucas têm coragem de comprar. Não surpreende. Rolou até um vídeo no canal da marca ensinando a enrolar os cabelos com a chapinha de maneira super fácil mas eu achei que ficou parecendo que Lindsay dormiu com um gato na cabeça. Então achei bem melhor e mais explicativo esse vídeo aqui:

Acho que eles realmente usam produtos da Victoria’s Secret, e esse Body & Hold é um mousse para dar textura e volume aos cabelos que parece ser bem honesto. Eu morro de medo de testar essas coisas porque uma coisa que não preciso no meu cabelo é de corpo, mas não vou mentir que, realmente, volume é o que deixa os cabelos bonitos, e a mulher mais sexy. Fazer o quê. Acho curtinho legal, adoro a Maria Casadevall (não é pra ser rap, mas rimou), perdi minha implicância com Karlie Kloss depois de assistir a uma entrevista com ela e agora acho ela uma fofa mas… Realmente acho que mulher de cabelo comprido – na grande, esmagadora maioria das vezes – é mais sexy.

A novidade ficou por conta do… batom na cara. Não aquele fui retocar o batom bêbada e errei o alvo, e sim uma versão revisitada do usando batom como blush que a gente já fazia para se safar quando esquecia o blush em casa há séculos, dessa vez por baixo da base, antes de passar o blush em pó. E não é que ficou bom e com cara de saudável? Aí que eu tava achando esse papo meio 2003, sei lá, eu usava batom como blush em 2003, mas descobri que não, que o assunto tá super em voga! Olha aí na Into The Gloss, uma matéria só sobre batons que dão ótimos blushes.

Aí você junta a isso quilos de glitter corporal, auto bronzeador, base para o corpo (aquelas mesmas que usam sempre que um desfile envolve biquíni), apliques de cabelo, cílios postiços. E você pode não ser Gisele, mas com certeza fica uma versão muito melhorada de você mesma se tentar a mesma coisa. E descobre que não precisa ficar depressiva, precisa é ficar esperta. Enquanto você resmunga que não tem o corpo de uma angel, tem uma amigue passando autobronzeador e spray de brilho para sair, então anime-se, cada um luta com as armas que tem. Maquiagem é uma coisa de Deus e foi feita pra essas coisas, para tornar você uma pessoa mais feliz e confiante. E o homem moralista que disser o contrário está mentindo, porque ele se acha descolado o suficiente. “Acho lindo mulher ao natural, de tênis e camiseta, sem maquiagem”, mas totalmente sairia com Candice Swanepoel se pudesse. Não acredite nos homens, já dizia Aristóteles.

Candice Swanepoel ensina você a manter a dignidade durante um vôo

E é assim ó:

Captura de Tela 2013-09-28 às 00.17.24PÁ!

Candinha, você é inteligência pura. E beleza também. Ok, ser Candice Swanepoel ajuda (na foto ela tá toda alegrinha desembarcando na África do Sul, sua terra Natal), mas eu fiquei mesmo foi com inveja da trança.

Nunca tinha parado pra pensar que a trança é a forma mais fácil e garantida de manter a dignidade capilar durante longos vôos. Isso porque o cabelo não fica embaraçado, mas também não fica marcado como num rabo de cavalo. Ok, marcado ele fica, mas fica um ondulado bonito que vai ficar maravis quando você soltar no saguão do aeroporto, enquanto pega sua mala.

Por isso, antes de sair de casa, verifique seus documentos tome aquele banho, lave e seque os cabelos e passe um finalizador para deixá-los soltinhos (tipo o After Party, da Bed Head – que ao contrário do que muitas pessoas pensam não é pra depois da festa!) e faça uma trança bonita, mas bem solta, prendendo com aqueles elásticos tipo mola, que quase não marcam o cabelo. E bon voyage!

Agora aproveitando o assunto, olha mais ideias de tranças lindas pra botar em prática: (só não vai me fazer essas antes de um vôo, pelo amor, se não quiser desembarcar com o cabelo bizarro no seu destino – para viagens só funcionam tranças soltas, que começam na metade dos cabelos – lembre sempre que você vai soltar a trança depois!)

Captura de Tela 2013-09-28 às 00.17.09

Captura de Tela 2013-09-28 às 00.16.58

O cabelo que você sempre sonhou em fazer – em 8 minutos!

Sabe o ondulado perfeito que você sempre tentou fazer e nunca conseguiu? Aquele que você pediu para o cabeleireiro copiar umas mil vezes e não ficou igual?

Captura de Tela 2013-09-13 às 22.38.51

Esse é o vídeo mais fácil para aprender a fazer, em apenas 8 minutos. Não fica melhor que isso. Michelle Money é ex-participante de The Bachelor, e ficou famosa por suas ondas mais que perfeitas, feitas por ela mesma. Ela é cabeleireira, e não é a toa que esse vídeo é meu xodó. Foi a maneira mais fácil que aprendi a fazer até hoje. Quer aprender também? Então dá o play! 😉

Três produtos para salvar sua pele já!

Posso não ter descoberto como trazer seu amor de volta em 3 dias (dizem que é assim), nem como encontra-lo na balada (dizem que é assim), mas já dá pra ajudar a salvar sua pele. Em matéria de pele perfeita o segredo não é nada de outro mundo. E pode acreditar, porque eu quase fui até lá tentando descobrir.

Captura de Tela 2013-09-13 às 21.16.55

Em primeiro lugar, beba muita água. Faz mais bem para a sua pele do que talvez você imagine. Esse é o primeiro passo, e os três seguintes são esses aqui:

1. Remover a maquiagem. Bem. Se você é daquelas que chega da balada, passa lencinho demaquilante e vai dormir, você está fazendo isso errado. Tem que tirar bem e por completo. Lavo o rosto como Gentle Skin Cleanser, da Cetaphil, e funciona maravilhas.

2. Limpar só mais um pouquinho! Depois do Cetaphil eu passo o Normaderm, da Vichy, mas pode ser qualquer sabonete líquido que funcione para você. Ele tira a oleosidade e os restos do produto removedor, e aí sim a pele já está limpa.

3. Hidratar. Principalmente depois que você volta da balada. Pode rir e se imaginar chegando mucho loca passando hidratante na cara às 5 da manhã, mas se quiser acordar decente no dia seguinte, essa dica é tão valiosa quando beber bastante água entre um copo e outro de álcool. Se eu puder indicar um produto na face da terra, indico o creme Embryolisse. Custa relativamente pouco, funciona para tudo e faz bons milagres.

Captura de Tela 2013-09-13 às 21.17.20

Se eu consegui, você consegue. Ficar de bem com a minha pele é mais difícil que recusar bombom de morango, viagem com tudo pago ou um convite pra sair com Channing Tatum. E eu consegui. E se eu consegui, bem… você entendeu a ideia.

Aussome hair

A dica de hoje é rápida e muita gente provavelmente já ouviu falar, mas não custa deixar por aqui minhas impressões também.

A marca australiana Aussie é famosa pelo 3 Minute Miracle, um condicionador de ação intensa que repara os cabelos em 3 minutos. Além disso, o preço é bom e o resultado, dizia-se por aí, melhor ainda. Até então só tinha ouvido falar do produto e nunca tinha de fato testado. Mas dando uma passada pela DM (a famosa passada do vou lá só comprar shampoo/algodão/insira-um-item-qualquer-aqui) acabei encontrando uma estante de produtos da marca, que, pelo que parece, acabou de desembarcar por aqui.

Um parênteses para essas voltas malignas na farmácia. Gasto mais lá que no supermercado.

Entre os tipos de 3 Minute Miracle (tem uns tantos) botei as mãos no Luscious Long, que Luscious Long é o que estamos precisando agora. Outro parênteses para o cabelo que não ganha corte desde Setembro (!!!) do ano passado por medo de tesouras estrangeiras.

7 euros (leia-se óirros ) mais pobre, cheguei em casa e fui logo testando, só para chegar à conclusão de que…

Captura de Tela 2013-04-14 às 01.43.35

Aussie é amor. Muito amor. Não fui de Vera Verão à Gisele Bündchen em 3 minutos, que fique claro, mas há outras coisas que me fizeram amar o 3 Minute Miracle.

Em primeiro lugar, ele hidrata mesmo. Como uma máscara, mas sem pesar. É condicionador e pode ser usado como tal, no banho, deixando agir por 3 minutos (um tempo bem ok em comparação com outras máscaras de tratamento). A embalagem é super prática e nem precisa abrir, é só espremer o frasco. O cheiro é uma delícia, e, além de não ser um produto caro, pela primeira vez não precisei passar nada nos cabelos depois do banho.

Sou escrava de leave-in porque meu cabelo vira um nó depois de lavar que nem macumba desembaraça. O pior de tudo é que, sem um Moisture Kick ou MoroccanOil antes do secador, meu cabelo seca que nem palha. Mas dessa vez, mesmo sem passar nada (só protetor térmico), eles ainda estavam macios, brilhantes e sem frizz.

Admito que sou a louca dos produtos de cabelo, e talvez tenha um dia em que eu olhe pra trás e veja que foi estupidez comprar 1 milhão de produtos com a mesma função enquanto eu poderia estar fazendo trabalho voluntário ou plantando uma árvore. Mas cada vez que passo a mão pelos cabelos e sinto que, 6 meses após o corte, eles ainda estão saudáveis e bonitos, sinto uma ligeira alegria infantil. Combinado com a sensação de satisfação ao riscar mais um produto da lista. A Bucket List de produtos de beleza. Se você não tem uma, não me julgue.